4.8.09

Origem de algumas Expressões Populares - Parte 2

Continuando a falar sobre a origem de algumas expressões populares:

Chegar de mãos abanando Há muito tempo, aqui no Brasil, era comum exigir que os imigrantes que chegassem para trabalhar nas terras trouxessem suas próprias ferramentas. Caso viessem de mãos vazias, era sinal de que não estavam dispostos ao trabalho. Portanto, chegar de mãos abanando é não carregar nada.

Sem eira nem beira
Os telhados de antigamente possuíam eira e beira, detalhes que conferiam status ao dono do imóvel. Possuir eira e beira era sinal de riqueza e de cultura. Não ter eira nem beira significa que a pessoa é pobre, está sem grana.

Abraço de Tamanduá
Para capturar sua presa, o tamanduá se deita de barriga para cima e abraça seu inimigo. O desafeto é então esmagado pela força. Abraço de tamanduá é sinônimo de deslealdade, traição.

O Canto do Cisne
Dizia-se que o cisne emitia um belíssimo canto pouco antes de morrer. Desta maneira a expressão "canto do cisne" representa as últimas realizações de alguém.

Estômago de Avestruz Define aquele que come de tudo. O estômago do avestruz é dotado de um suco gástrico capaz de dissolver até metais.

Lágrimas de Crocodilo
É uma expressão usada para se referir ao choro fingido. O crocodilo, quando captura uma presa, faz forte pressão contra o céu da boca, comprimindo as glândulas lacrimais. Assim, ele chora enquanto devora a vítima..

Memória de Elefante O elefante lembra de tudo aquilo que aprende, por isso é uma das principais atrações do circo. Diz-se que as pessoas que se recordam de tudo tem memória de elefante.

Olhos de Lince
Ter olhos de lince significa enxergar longe, uma vez que esses bichos têm a visão apuradíssima. Os antigos acreditavam que o lince podia ver através das paredes.

Onde Judas perdeu as botas

Na opinião de Mário Prata, escritor e roteirista mineiro, a expressão “onde judas perdeu as botas” significa simplesmente um lugar distante e inacessível, e sua origem é explicada da seguinte maneira: "depois de trair Jesus e receber 30 dinheiros, Judas caiu em depressão e culpa, vindo a se suicidar, enforcando-se numa árvore. Acontece que ele se matou sem as botas. E os 30 dinheiros não foram encontrados com ele. Lo-go os soldados partiram em busca das botas de Judas, onde, provavelmente, estaria o dinheiro. A história é omissa daí para frente. Nunca saberemos se acharam ou não as botas e o dinheiro. Mas a expressão atravessou vinte séculos".

VEJA TAMBÉM
* Vacas com nome dão mais Leite!!!
* Vermelho facilita atenção, e azul estimula criatividade
* Carros personalizados mais estranhos do mundo* Qual é a origem da expressão "tirar o cavalo da chuva"?
* Turista diz que fotografou fantasma em castelo na Escócia
* Origem dos nomes dos países da América do Sul* Como Jesus foi crucificado?* Por que o ovo e o coelho são símbolos da Páscoa?* Maior Nariz do Mundo!!!* Por que balas de menta deixam a boca "fria"?* Como surgiram os nomes dos dias da semana?* Existe algum alimento natural azul?* Por que a mistura de Coca Light e Mentos provoca uma explosão?* Qual foi a primeira comunidade do orkut?* Quem inventou o aplauso?* Hoje é dia da Pizza* De onde vem a expressão rock and roll?* Michael Jackson queria clone e congelou esperma, diz ex-segurança

15 comentários:

  1. Legal cara, muito boa a iniciativa.
    sucesso.

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante!
    Tinha algumas que eu já conhecia mas gostei de aprender o sentido das outras, como "onde Judas perdeu as Botas". Parabéns pelo conteudo do blog!


    - - -Arial 12

    ResponderExcluir
  3. Muito bom até agora nao vi um blog parecido com esse, parabens!

    ResponderExcluir
  4. eu já conhecia algumas, como chegar de braços abanando, memória de elefante, onde o judas perdeu as botas, lagrimas de crocodilo.
    existem muito mais, no lugar onde vc achou essas, tem muito mais, na região sul e no nordeste do brasil existem algumas que só são conhecidas localmente.
    vale a pena investigar.






    A algum tempo eu coloquei seu blog em meus favoritos. mas eu dei uma relaxada, me preocupei em demasia na divulgação do meu blog e me esqueci de visitar os meu favoritos,
    estou fazendo isso agora, vou acompanhar melhor o seu blog, peço que se não for pedir demais, faça-me uma visita , comente nas postagens, eu ficaria feliz se ao abrir meu blog encontrasse um comentario seu lá. muito obrigado pela atenção, sucesso ao seu blog e lógico, ao meu também.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o blog!Diferente e interessante!

    ResponderExcluir
  6. Depois faz uma visita no meu: acriticadoeu
    hehe

    ResponderExcluir
  7. oh mais pro proximo post coisas aqui de curitiba

    PESCOÇO - ALGUEM CURIOSO
    DAR UM BILIGUE - MENTIR
    TOMA NO REBES - TOMAR NO CU

    hahahaha

    ResponderExcluir
  8. A do crocodilo eu não sabia ao certo a origem... Bizarro o.o

    A de Judas não conhecia e caramba... 20 séculos?

    ResponderExcluir
  9. Eu fiquei imaginando a lince macho batendo uma pra lince fêmea q ta trocando de roupa dentro do quarto com a porta fechada hauehauehaeuhauh

    Sacanagem!

    Abraço!
    Gabriel.

    ResponderExcluir
  10. massa msm o post
    ta de parabens ^^

    ResponderExcluir
  11. a das botas énovidade pra mim

    esse blog é cultura


    Mente aberta°°°°°Vida livre

    ResponderExcluir
  12. Olha eu nunca pensaria em buscar saber de onde vieram essas expressoes, mas achei bacana o post!!!! interessante!!!!

    ResponderExcluir
  13. Bem criativo o blog!!
    Encontrei ele na comunidade do orkut, chamada Blogger Brasil ® - Blog
    Se poder visite o meu tbm..
    http://revolucao-teen.blogspot.com/
    Bye.

    ResponderExcluir
  14. Discordo totalmente do " historiador" Mário Prata, não sabe de nada, senão vejamos:
    1º) Nas Bíblia(cátólica ou Evangélica) está escrito no Evangelho de Mateus, capítulo 27, versículos 3 ao 5 o que Judas fez com o dinheiro.
    2º) Os Judeus não usavam botas, ou andavam descalços ou usavam sandálias, isto é comprovado por quem conhece os costume do povo judaico da época.Nem os ricos usavam botas.

    ResponderExcluir