25.1.10

A César o que é de César

por Adriana Küchler

Esse ditado popular, usado quando queremos dizer que cada um deve receber o que merece, tem uma conhecida origem bíblica. A frase original é mais completa, e se remete ao tempo em que a Judéia, atual Israel, era uma província dominada pelo Império Romano (63 a.C.– 476). Segundo o capítulo 22 do evangelho de Mateus, Jesus teria sido abordado por fariseus que queriam descobrir se ele incentivava os judeus a não pagarem impostos. Questionado, teria dito: “Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”.

“Com isso, Jesus aconselhava os judeus a pagar os tributos e a não misturar o sagrado com os assuntos mundanos”, afirma a historiadora Ana Teresa Gonçalves, da Universidade Federal de Goiás. A frase mostra também a preocupação dos evangelistas do Novo Testamento em não ofender os romanos. Os livros de Marcos, Mateus, Lucas e João não foram escritos pelos próprios profetas, mas pelos seus seguidores. Isso aconteceu entre os anos 60 e 70, quando os cristãos eram perseguidos pelos romanos e lutavam para não provocá-los mais. O mais importante era difundir o cristianismo, mesmo que, para isso, fosse necessário dar a César o que era de César.

7 comentários:

  1. POxa, Parabéns pelo blog
    muito interessante
    Que Deus lhe abençoe!
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu acho muito interessante essas explicações sobre ditados populares. Aquele "até tu Brutus?" também remonta à época do império Romano, fica aí então a dica para mais uma postagem ;)

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. que blog interessante, e dificil de se encontrar

    parabens pelo blog

    http://viniciusoliveiraa.blogspot.com/
    comentem, me siga, votem na enquete

    ResponderExcluir
  4. achoq kda um temq ter oq merece mesmo. jesus muito sábio ñ kis ofender nem misturar nada.

    ResponderExcluir
  5. Ganhou uma seguidora.

    Adorei o blog.

    ResponderExcluir
  6. Post super interessante..
    fica o pedido por mais coisas desse tipoo.

    ResponderExcluir