25.10.10

Catedral de Ulm

A Catedral de Ulm (Ulmer Münster, em alemão) é a mais alta igreja do mundo, com a torre de 161,53m de altura e 768 degraus. E também um exemplo resistente da arquitetura eclesiástica gótica. A Catedral de Ulm nunca foi sede de um Bispo. Assim como a famosa Catedral de Colônia, a Catedral de Ulm permaneceu incompleta até o século XIX.

HistóriaNo século 14, a paróquia de Ulm se localizava fora dos muros da cidade e os burgueses decidiram unir forças para erguer uma nova igreja no centro da cidade e em 1377 foi lançada a pedra fundamental. Para a igreja foram concebidas três naves principais de mesma altura e uma unica torre.

Em 1392, Ulrich Ensingen (um dos autores da Catedral de Estrasburgo) foi nomeado arquiteto chefe. Ulrich imediatamente desenvolveu planos para tornar a Catedral a mais alta igreja da Europa.

A Catedral foi consagrada no ano de 1405, no entanto, danos estruturais começaram a surgir devido principalmente a altura das nave e ao peso do pavimento. Para resolver os problemas estruturais foram adicionadas uma centena de colunas nas naves laterais.

Já em 1531 os cidadãos de Ulm, adeptos do Protestantismo, paralisaram as obras até o fim do movimento Reformista e novamente em 1543 antes que o campanário atingisse a altura de 100 metros.

As paralisações foram causadas por fatores políticos e religiosos como a Guerra dos Trinta Anos em 1618 e a Guerra da Sucessão Espanhola em 1703. O resultado foi uma estagnação econômica causando o corte de gastos públicos.

Em 1817 as obras foram retomadas e finalmente em Maio de 1890 a Catedral foi concluída.

Problemas
Além das sucessivas paralisações na construção, a Catedral de Ulm também sofreu danos durante a Segunda Guerra Mundial. Os constantes bombardeios danificaram intensamente a igreja, mas o mais intenso deles ocorreu em 17 de dezembro de 1944 que devastou toda a cidade e a Catedral e 80% do centro de Ulm foi destruído.

ArteO Tímpano da Catedral de Ulm retrata passagens do Gênesis oriundo da Idade Média.
Em 1877, a congregação judaica de Ulm - incluindo Hermann Einstein, o pai de Albert Einstein - doou fundos para a construção de uma estátua do profeta Jeremias.
Em 1763, Wolfgang Amadeus Mozart tocou na Catedral e o evento ficou conhecido como uma das maiores apresentações de Órgão (instrumento) do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário