28.3.10

Maior crucificação da história

por Marina Motomura

A maior crucificação da história pregou na cruz, ao mesmo tempo, 6 mil pessoas. A barbárie aconteceu em Roma, no ano de 71 a.C. Na época, Roma era uma república, mas estava em crise - alguns generais ameaçavam o poder do Senado e um deles, Sila, se autoproclamou ditador em 81 a.C. Outro elemento que jogou mais lenha na fogueira da república foi a Terceira Guerra Servil, uma revolta de mais de 40 mil escravos, liderados pelo gladiador Espártaco, que começou em 73 a.C. e durou dois anos. A horda de escravos começou como um pequeno grupo, de cerca de 70 gladiadores fugidos, e cresceu até formar um aglomerado de milhares de homens (alguns cálculos falam em 200 mil escravos rebeldes no total). O bando ia saqueando as cidades romanas pelo caminho e batendo de frente com o Exército romano, até encontrar o general Marco Licínio Crasso, que aniquilou os rebeldes em 71 a.C. Como punição, 6 mil deles foram crucificados em um só dia. A crucificação era a pena de morte típica em Roma para não cidadãos. Acredita-se que o método tenha sido criado na Pérsia, sendo trazido no tempo de Alexandre (330 a.C.)para o mundo ocidental, onde foi copiado pelos romanos, que aplicaram a pena em um homem chamado Jesus de Nazaré.

2 comentários:

  1. Quando li o título do texto, pensei que fosse a crucificação de Jesus Cristo. Não sabia desse epsódio da História.

    ResponderExcluir
  2. EU ACHO QUE FOI MAIOR EM NUMEROS 6.000 MAS MAIS CRUEL FOI COM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO ANTES DE SER PREGADO SOFREU AÇOITES E AINDA A COROA DE ESPINHOS EO PESO DA CRUZ

    ResponderExcluir