12.2.10

Tudo novo nas eleições brasileiras

por Cláudia Fusco

As eleições de 2010 estão cheias de novidades. Para começar, é a primeira vez desde a redemocratização do país, concluída em 1988, que Lula não constará nas cédulas eleitorais como candidato. Além disso, é a primeira eleição realizada desde que a web 2.0 se consolidou no Brasil. É por essas e outras que o Senado liberou oficialmente o uso de internet nas campanhas eleitorais deste ano – com restrições, é claro. As propagandas só estarão disponíveis para candidatos à presidência, mas campanhas gratuitas podem ser feitas em blogs, no Twitter e em outras redes sociais.

Além de tudo isso, os Tribunais Regionais Eleitorais estão liderando recadastramentos para as novas eleições. Tudo isso por conta das urnas biométricas, que lêem sua impressão digital na hora de votar e substituirão a assinatura do eleitor. A novidade já tinha chegado em 2008, quando foi testada em dois municípios. Em 2010, 51 cidades devem experimentar a novidade. Tá bom ou quer mais?

Nenhum comentário:

Postar um comentário