11.8.09

Schumacher desiste de substituir Massa

O heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher desistiu de substituir o brasileiro Felipe Massa na Ferrari, alegando não se encontrar na forma física ideal, informou nesta terça-feira o canal alemão "NTV", notícia que foi confirmada posteriormente pelo site oficial do ex-piloto. O substituto de Massa será o italiano Luca Badoer, de 38 anos, confirmou a assessoria de imprensa da Ferrari.

"Ontem à noite informei ao presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, e ao diretor da equipe, Stefano Domenicali, que não poderia substituir Felipe. Tentei absolutamente tudo para que meu retorno fosse possível, mas para meu grande pesar, não funcionou. Não consegui controlar as dores que sinto no pescoço depois do treino privado em Mugello, apesar de termos tentado todo o possível a nível médico e terapêutico", afirmou Schumacher em um comunicado.

Em 31 de julho, Schumacher testou um Ferrari de 2007 no circuito de Mugello, na Toscana (norte da Itália). Em fevereiro ele sofreu uma queda de moto em um circuito da Espanha. O alemão havia afirmado que voltaria às pistas por lealdade à equipe italiana.

Sobre a escolha de Badoer e não do espanhol Marc Gené - ambos são pilotos de testes da Ferrari - recentemente vencedor das 24 horas de Le Mans, a equipe italiana se limitou a dizer que divulgará um comunicado com o anúncio. Luca Badoer disputou 48 Grandes Prêmios e o último em que participou foi no Japão, em 1999, pilotando uma Minardi.

É uma pena que ele não vai voltar. Tava até pensando em voltar a ver F1, mas pelo jeito vou poder dormir até mais tarde Domingo. Quando anunciei AQUI no Blog a possivel volta dele disse que cheirava a marketing, e o cheiro de tão forte virou fedor. Ainda me indaguei se não tinha outro piloto em forma que podia substituir massa, e agora ele surgiu. Mas como vocês poderão ver a seguir, o boato agora é a volta definitiva do alemão.
Ferrari quer três carros por equipe em 2010 e a volta de Schumacher à F-1
Uma pressão da Ferrari para permitir que equipes tenham três carros por GP na Fórmula 1 do ano que vem pode permitir a volta de Schumacher em definitivo. Pelo menos, é o quer o presidente da escuderia, Luca di Montezemolo.

- Continuaremos a lutar até que todos os times tenham o direito de começar com três carros na próxima temporada. Um (dos nossos) eu daria a Michael (Schumacher) com prazer. Prefiro três McLarens e três Renaults do que três quaisquer coisas. Com a saída da BMW, não tem muito o que dizer, mas há muito o que fazer – disse Luca di Montezemolo, segundo o site “Autosport”.

Se a Ferrari tiver mesmo três carros em 2010, a possibilidade de termos dois campeões e um vice na mesma equipe é grande. Afinal, Fernando Alonso pode estar acertando com a escuderia, Felipe Massa continuaria na escuderia e Michael Schumacher assumiria o terceiro carro, como a grande estrela da equipe. E este é o grande desejo do presidente Luca di Montezemolo, que rasgou elogios a Schumi.

- Estamos falando de Michael Schumacher. Ele tem 40 anos, mas ainda é de outro planeta. Prefiro o campeão, mesmo mais velho, do que o piloto medíocre, mesmo jovem. Ele sofreu o acidente de moto em fevereiro e sentiu que algo estava errado. Não é bom brincar com sua saúde. Ele respondeu ao nosso convite com muito entusiasmo. Parecia um garoto, e não um campeão aposentado – afirmou di Montezemolo.
Fontes: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário