16.3.09

Japonês coloca fogo em hotel para evitar o próprio casamento

A Justiça japonesa condenou Tatsuhiko Kawata a cinco de prisão. No ano passado, para evitar o próprio casamento, ele colocou fogo no hotel onde estavam hospedados os convidados para a festa.
Kawata, de 40 anos, tentou evitar o matrimônio porque já era casado, mas exagerou na tática de cancelar o casamento. "Pensei que se pegasse fogo no hotel não teria de concretizar o casamento", disse ele à polícia.
Nenhum convidado ficou ferido. O juiz Yasushi Watanabe classificou Tatsuhiko Kawata como uma pessoa "egoísta" e de "visão acanhada". Ele rejeitou os argumentos da defesa de que ninguém se feriu no incêndio.
Kawata, que era casado desde 1994, estava saindo com outra mulher havia cerca de três anos e tinha prometido se casar com ela em outubro do ano passado no Hotel Risonare, na montanha Hokuto.
No entanto, na véspera da cerimônia, Kawata tentou adiá-la ao jogar sete litros de combustível no hotel e, depois, colocar fogo, causando danos materiais no hotel e forçando a evacuação dos convidados.
Abre o olho japonês!!!


Fonte:g1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário