31.12.11

Dois mil e doze!

É engraçado escrever anos por extenso, me lembra quando eu ainda ingressava na escola. E faz tempo isso! Naquela época era mil novecentos e noventa e três. O tempo voa, num piscar de olhos tudo se transforma. Mas essa transformação que devido a nossa distração parece ser fugaz, demora acontecer. A história não acontece da noite para o dia, existe todo um processo.O desejo de um feliz dois mil e doze não vai se realizar do nada, é necessário iniciarmos um processo de mudança. O primeiro de janeiro vai ser igual ao trinta e um de dezembro. Mas quando olharmos um "tempo por extenso" notaremos inúmeras mudanças. Feliz dois mil e doze para todos! Que em dois mil e treze os desejos de um amanhã melhor se concretize.

Nenhum comentário:

Postar um comentário