6.7.09

Os Piores Paises para Blogar



No Top 5 de hoje vou postar os 5 piores países para Blogar, e ainda vou completar a lista com os outros cinco para matar a curiosidade dos leitores e também para que tomem cuidado caso um dia mudem para alguns desses países e pensem em fazer um Blog.

O relatório é da organização Committee to Protect Journalists. Alguns bloogueiros já foram parar na cadeia por postarem conteúdo contrário a política do país.
1. Myanmar: A Internet sofre a mesma censura que todo o resto dos meios de comunicação. Só 1% da população tem acesso à Rede, principalmente através de lan houses. O governo monitora emails e outros métodos de comunicação. Ao menos dois blogueiros permanecem presos, um deles simplesmene por mostrar imagens do ciclone Nargis em 2008.
2. Irã: Escrever sobre figuras religiosas ou políticas ou sobre a revolução Islâmica e seus símbolos garante o acosso governamental. Os blogueiros devem se inscrever no Ministério de Arte e Cultura. Omidreza Mirsayafi, preso por seus insultos a líderes religiosos, morreu na prisão no passado mês de março em circunstâncias não esclarecidas.
3. Síria: Abundam os filtros e os controles na Internet, inclusive nas lan houses que devem fichar todos seus usuários e entregar os dados às autoridades.
4. Cuba: Só alguns membros do governo e do Partido Comunista têm acesso a Internet. Alguns blogueiros independentes já pensam como contar o dia a dia da ilha, geralmente em domínios alojados fora do país.
5. Arábia Saudita: Ao redor de 400 mil sites são censurados no país, a maioria sobre temas políticos, sociais e religiosos. Em 2008, alguns clérigos propuseram castigos como chicotadas ou morte para escritores on-line que publiquem material considerado herético.


Abaixo os Países que completam a Lista:
6. Vietnã: As autoridades chegaram a exigir a empresas como Yahoo, Google e Microsoft que entreguem informação sobre os blogueiros que usam suas plataformas.
7. Tunísia: Todo o tráfego da Internet passa por uma central onde o conteúdo e mensagens de correio são filtrados. Os provedores devem entregar às autoridades o número do IP para identificar os blogueiros.
8. China: Os temas políticos são o principal tabu de um país com a maior população on-line do planeta (300 milhões de internautas) e o sistema de controle mais ferrenho. Ao menos 24 blogueiros estão presos.
9. Turquemenistão: Os poucos que conseguem acessar a Rede nesta ex república soviética não conseguem acessar sites dissidentes e os emails são controlados.
10. Egito: O tráfego de todos os provedores passa pela Telecom Egito, controlada pelo estado. No ano passado foram presos mais de 100 blogueiros críticos do governo, alguns retidos durante meses e muitos sem ordens judiciais.

2 comentários: